Pensando en voz alta

Inconsciente, escuro, poderoso: Plutão age sobre nós sem que tenhamos consciência. Como o inconsciente do Freud, que é tão óbvio que passa despercebido. Como o inconsciente de Freud, cheio de energia primitiva, pessoal, cheio de paixões e compulsões. Como o inconsciente de Freud, cheio de verdade sobre nós mesmos e, por isso mesmo, tão poderoso. Plutão é fantástico porque seu poder remete a outra coisa, outro nível de consciência.

Poucas coisas na vida estão tão relacionadas à nossa criação e educação como os relacionamentos que estabelecemos como adultos. É o tipo de relacionamento que estabelecemos com nossos cuidadores primários que determinará como nos relacionaremos com futuros parceiros. Por exemplo...

Please reload